Encontro da Amazônia realiza bazar sustentável com marcas paranaenses

Nos dias 27, 28 e 30 de maio, período do “Seja Biodiversidade!”, o Encontro da Amazônia recebe algumas marcas para compor o bazar, com o tema sobre meio ambiente e sustentabilidade. Os produtos variam desde estamparias de fauna e flora brasileira a bichos de algodão sustentáveis.

Para compor o espaço, foram convidados a empresa Ama Terra, com produtos ecológicos, a designer curitibana Bruna Fraga, criadora da marca Many Many, a Associação de Criadores de Abelhas Nativas da APA de Guaraqueçaba (ACRIAPA), que trará quatro tipos de mel, o índio Werá Popygua, com os artesanatos indígenas, e o Almendras Emporium, com produtos sem glúten e sem lactose.

A ideia do bazar é aproveitar a discussão sobre a importância da consciência ambiental e contextualizar as opções que minimizam os impactos negativos ao meio ambiente. Como é o caso dos produtos com a marca Ama Terra. Na ocasião, irá expor bichos de algodão, camisetas feitas com garrafa pet, cachaças orgânicas – totalmente livres de agrotóxicos e conservantes – e sacolas ecológicas, todos com o selo sustentável da empresa.

Boneco

Foto: Divulgação Ama Terra

Cachaça 2

Foto: Divulgação Ama Terra


 

 

 

 

 

 

 

 

O índio Werá Popygua, também conhecido como Elias Fernandes, trará todo o artesanato indígena. Serão filtros dos sonhos, pulseiras e tornozeleiras, souvenires de madeiras, arco e flecha, brincos de penas e colares de sementes. Há cinco anos em Curitiba, na aldeia urbana Kakané Porã, o índio da etnia Guarani, traz na bagagem toda suas histórias e vivências. Nascido em Mangueirinha, no Paraná, na aldeia Pidó, atualmente sobrevive pela venda de artesanatos na Praça Osório.

IMG_2671

Foto: Marcos Dias

IMG_2672

Foto: Marcos Dias

 

 

 

 

 

 

 

No campo da moda, a Many Many traz a primeira coleção da designer gráfico Bruna Fraga, chamada de Natureza Tropical. “As estampas exclusivas e elaboradas a partir de desenhos feitos à mão inspirados na fauna e flora brasileiras tornaram bolsas, lenços, cadernos, echarpes, twillys e almofadas, objetos mais coloridos e ao mesmo tempo divertidos”, explica a criadora. Há uma linha ainda mais especial, a do Paraná, que busca representar elementos genuinamente paranaenses, como: o pinheiro, o pinhão, o ipê amarelo, a capivara e a gralha azul. Outras regiões do país também foram abordadas, como Amazônia, Nordeste, Mata Atlântica e Pantanal, sempre utilizando animais e plantas típicas de cada região que ganharam versões estilizadas, em composições inusitadas e divertidas.

01

Foto: Divulgação Many Many

02

Foto: Divulgação Many Many

 

 

 

 

 

 

 

A Associação de Criadores de Abelhas Nativas da APA de Guaraqueçaba (Acriapa) traz na bagagem toda história dos 22 meliponicultores em busca da conservação de abelhas nativas. Em paralelo, produz e comercializa quatro tipos de mel de espécies de diferentes abelhas nativas sem ferrão: Mel de Jataí; Tubuna; Mandaçaia e Manduri. Atua na região da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guaraqueçaba, localizada no litoral norte do Paraná. A meliponicultura surge na região como uma importante alternativa de geração de renda aliada a conservação dos recursos naturais, tendo em vista que tais abelhas são polinizadores exclusivos de 40% a 90% das espécies vegetais da Floresta Atlântica.

FOTO 01

Foto: Divulgação Acriapa

Mel embalado

Foto: Divulgação Acriapa

 

 

 

 

 

 

 

Com opções para os intolerantes ao glúten e à lactose, o Almendras Emporium agrega com a qualidade e saudabilidade dos seus produtos. Com a crescente preocupação das pessoas que buscam qualidade de vida através de uma alimentação saudável, a loja proporciona-lhes melhorias claras e visíveis principalmente aos consumidores de alimentação especial, que procuram reunir em um só produto prazer e satisfação.

Bolinhos e as tortinhas sem glúten e sem lactose

Foto: Divulgação Almendras Emporium

Pães da BemNutrir nos sabores aipim, cenoura e batata doce. Sem glúten, sem lactose, sem conservantes e sem açúcar.

Foto: Divulgação Almendras Emporium

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As marcas estarão disponíveis nos dias 27, 28 e 30 de maio, no Encontro da Amazônia. Para participar do “Seja Biodiversidade!”, nos workshops e oficinas, faça sua pré-inscrição pelo site. As vagas são limitadas e o convite custa R$ 15, por dia. Os participantes que adquirem o passaporte para os três dias ganham 10% de desconto no valor da compra.

Texto: Marcos Dias com informações das assessorias de imprensa