Personalidade: Zoe de Camaris

supertrunfo-zoe

Zoe de Camaris é professora de Literatura e Linguística, especialista em Letras, taróloga e estudiosa da Antropologia do Imaginário.

Já participou de diversas palestras e comunicações com o tema do Sagrado Feminino na mitologia e na literatura. Atualmente trabalha em projetos incentivados pelo Fundo Municipal de Cultura da Prefeitura de Curitiba, como professora de Oficinas Literárias e Incentivo à Leitura. Em paralelo, desenvolve cursos particulares de Análise Simbólica.

Com a oficina Figuras Míticas Femininas do Brasil-Indígena, Zoe tem um objetivo transformado: trazer à superfície substratos que persistem incógnitos na alma feminina – figuras míticas – que constituem o nosso imaginário pessoal, mascaradas pela parafernália de imagens, informações e imposições de consumo da sociedade contemporânea.

Nesse sentido, conhecer aspectos diversos da Deusa primordial, buscando referências na mitologia indígena do nosso país, é um ganho inestimável pois seu reconhecimento propicia um movimento catalisador desses mesmos aspectos, fortificando-os e deixando entrever as diferenças marcantes entre a psique feminina brasileira e os modelos americanos e europeus a que estamos acostumadas a nos reportar.

A palestra acontece em dois momentos: a exposição teórica e a feitura de deusas de argila procurando trazer para a realidade concreta aspectos que se encontram adormecidos.

 

Texto: Marcos Dias com informações da assessoria de imprensa

Arte: Glauco Teixeira Leite