Workshops para Educadores

Encontro da Amazônia promove nos dias  26 e 27 de julho de 2017 o Workshops para Educadores, contando com palestrantes renomados nos temas que irão ministrar.

Nos dias 26/07 às 14h e 27/07 às 8h acontecerá a oficina A arte de trabalhar em Grupo com o facilitador Thiago Baise, apresentando ferramentas para melhorar as relações no ambiente escolar

Thiago Baise trará uma oficina que trabalhará a partir das perguntas: Como envolver e fortalecer os grupos existentes na comunidade escolar? Como atuar para que grupos identifiquem objetivos comuns? De forma prática e dinâmica, com cenários levantados pelos próprios participantes, você terá oportunidade de construir um caminho que os envolvidos com educação poderão reconhecer e trilhar nas soluções em grupos de suas escolas.

Venha participar!

Inscrição para o dia 26/07 clique aqui!

Inscrição para o dia 27/07 clique aqui!

 

Workshops para Educadores

Encontro da Amazônia promove nos dias  26 e 27 de julho de 2017 o Workshops para Educadores, contando com palestrantes renomados nos temas que irão ministrar.

No dia 27/07 às 10h acontecerá a oficina Mediações de Leitura ministrada por Cleber Fabiano da Silva, diretor da Fatum.

O professor e escritor Cleber Fabiano da Silva irá abordar o impacto da mediação de leitura no ambiente escolar. Será pensada a relação entre leitor e livro através de um espaço simbólico propício para a construção de subjetividades, desenvolvimento de linguagens e ampliação de repertório cultural. 
Os professores poderão refletir sobre os desafios do mediador de leitura num ambiente refratário à prática leitora para a partir daí criar estratégias de dinamização de acervo e formação do leitor.

Venha participar desse aprimoramento!

Para se inscrever clique aqui!

 

Workshops para Educadores

O Encontro da Amazônia promove nos dias  26 e 27 de julho de 2017 o Workshops para Educadores, contando com palestrantes renomados nos temas que irão ministrar.

A escritora e professora Ana Rapha Nunes trará a oficina Tecnologia e infância que terá como objetivo abordar o uso das tecnologias por crianças e adolescentes, observando as consequências da utilização inadequada desses recursos, o que interfere no contexto familiar, escolar e social. “O que fazer diante dessa situação? Como identificar quando o uso dessas tecnologias se transforma em vício? É possível utilizar essas tecnologias de forma benéfica no contexto escolar?”

A oficina Tecnologia e infância será realizadas nos dias 26/07 às 8h e 27/07 às 14h.

Não deixe participar desse questionamento atual.

Inscrição para o dia 26/07 clique aqui!

Inscrição para o dia 27/07 clique aqui!

Workshops para Educadores

O Encontro da Amazônia promove nos dias  26 e 27 de julho de 2017 o Workshops para Educadores, contando com palestrantes renomados nos temas que irão ministrar.

A oficina Canções de Brincar ocorrerá nos dias 26/07 às 10h e 27/07 às 16h, com muita música e dança enaltecendo a cultura brasileira, para melhor ser trabalhada com os alunos em sala de aula.

Será ministrada pelo Itaercio Rocha se destina a vivenciar a alegria através de canções que proponham jogos de integração com os outros, consigo mesmo e com o universo dos cancioneiros populares, repleto de reflexões sobre natureza, vida e paixões. “Vamos formar a roda, estabelecer o jogo, a brincadeira, criar e nos alegrar!”

Não fique fora dessa movimentada atividade!

Para inscrição do dia 26/07, clique aqui!

Para inscrição do dia 27/07, clique aqui!

 

Workshops para Educadores

O Encontro da Amazônia promove nos dias  26 e 27 de julho de 2017 o Workshops para Educadores, contando com palestrantes renomados nos temas que irão ministrar.

No dia 26/07 às 16h acontece a oficina Mediação de Leitura orientada por Lucas Buchile, professor da pós graduação na Fatum, trazendo todo seu conhecimento para enriquecer a formação dos educadores.

Lucas Buchile apresenta sua oficina sobre leitura: construção de subjetividade; Mediação de leitura: Relações de poder; Literatura: saberes em movimento (Mathesis); O real e o Ficcional na Literatura (Mimesis); Leitura e Semiótica (Semiosis); Experiências do leitor: Narrativa e Romance; Estética Relacional na mediação de leitura; A semiologia do mediador de leitura.

Para aprimorar sua atuação na sala de aula, venha participar!

Para inscrição clique aqui!

 

Oficina do Índio 2017 – Encontro da Amazônia

O Encontro da Amazônia promove no mês de abril a Oficina do Índio.

Serão nos dia 20 e 28 de abril.

Escolas virão até o centro de eventos para participarem da oficina de pintura indígena, etnobotânica, jogos indígenas e apresentação de dança. O MAE também estará apresentando a oficina brincando com o Museu.

As inscrições são realizadas pelas escolas que escolhem ou o turno da manhã, ou o turno da tarde para trazerem seus alunos do ensino fundamental para participarem.

As vagas são limitadas e estão disponíveis algumas vagas para o dia 28/04 pois o dia 20/04 já está lotada.

Ligue já! E venha com sua escola participar desse projeto. Já estamos no 5o ano de sua edição e sempre é um sucesso. Ter essa experiência com os índios é uma maneira de valorizar e se aproximar dessa cultura indígena que ainda resiste no Brasil.

Telefone: 41-3014-0030

e-mail: cursos@encontroamazonia.com.br

Oficina do índio 2017

Veja a Galeria de Fotos de Eventos Anteriores

Plantas Medicinais

Oficina de Jogos Indígenas

IMG_8073

 

IMG_8088

IMG_8202

 

IMG_8246

 

IMG_8256

 

 

 

 

 

Personalidade: Serginho Laus

supertrunfo-serginho_laus

O esportista Serginho Laus participa do evento “Expedição da Amazônia”, com o objetivo de trazer um pouco da maior floresta tropical do mundo para Curitiba. A atividade faz parte do projeto Educacional e Cultural, promovido pelo espaço curitibano Encontro da Amazônia, nos dias 23 e 24 de setembro, das 19h às 22h.

Com o workshop “Turismo de Esporte na Amazônia”, o surfista vai dividir suas experiências e sua visão sobre a Amazônia, destacando as atrações, quando se diz respeito a cultura e turismo de esporte. Como os visitantes enxergam a região e como ela vem sendo tratada.

Percussor do surf na Pororoca, Serginho Laus é ambientalista, surfista profissional, produtor e jornalista. Em 2005 e 2009, registrou se nome no Guinness Book, quebrando o recorde mundial de surf na Pororoca, no qual no último ano quebrou seu próprio, com a marca de 11.8 km, no rio Araguari, no Amapá.

Na bagagem carrega explorações nas Pororocas do Brasil, França, Inglaterra, China, Indonésia, Alaska e Índia. Sua meta é ainda é surfar nas águas da Malasya e Canadá, assim tornando-se o primeiro surfista no mundo a encarar as principais ondas de marés do mundo.

Seu espirito aventureiro e explorador reuniu outros profissionais com o mesmo interesse. A equipe “Surfando na Selva” coordena ações ordenadas nas Pororocas do brasileira e do mundo, difundindo a consciência ecológica e organizando expedições com grupos de surfistas, turistas, produtoras e equipes de jornalismo para conhecer o famoso “Tsunami Amazônico”.

Confira um pouco das aventuras de Serginho Laus:

Para participar do workshop ministrado por Serginho Laus, no dia 24 de setembro, às 19h, na sede do espaço Encontro da Amazônia, na Rua Nilo Peçanha, 1907, basta fazer sua inscrição por aqui.

 

Texto: Marcos Dias

Arte: Paula Ariana Calory

Encontro da Amazônia discute sobre as influências culturais brasileiras, em eventos temáticos

Espaço realiza no próximo sábado (22) último dia de comemoração sobre o folclore brasileiro

Nos últimos dois dias, o espaço Encontro da Amazônia, em Curitiba, recebeu cerca de 500 pessoas nos eventos sobre cultura e manifestações populares. As atividades fazem parte da temática “Folclore A Gosto” realizada pelo Projeto Educacional e Cultural do espaço. Divididos em dois períodos, tarde e noite, as ações foram direcionados a estudantes escolares, universitários e pesquisadores.

No período da tarde, o espaço recebeu alunos das escolas Erasto Gaertner e Terra Firme, com idades entre 5 e 9 anos, que participaram de cinco oficinas: Identidade e Patrimônio Cultural; Lendas, Mitos e Cantigas; Isoporgravura; Comidas e Festas Populares; e Maracatu.  No final os participantes tiveram a oportunidade de participar do bazar com produtos folclóricos.

crianças

Na primeira noite aconteceu o painel sobre as influências na formação da identidade cultural brasileira, através das experiências da produtora Lia Marchi, da Olaria Cultural; Kanêga dos Santos e Gui Araújo, do grupo Baquetá; o bonequeiro, músico, carnavalesco, ator e diretor, Itaercio Rocha; e com a mediação da jornalista e cantora Maria Celeste Côrrea.

painel

Painel composto por: LIa Marchi; Gui Araujo; KaNêga dos Santos; Itaercio Rocha e mediado por Maria Celeste Côrrea.

 

Já na segunda noite, os participantes tiveram uma abertura em comemoração ao dia do Historiar, com relatos da historiadora Helena Isabel Mueller e na sequência foram convidados a participar do workshop Folklore: uma visão antropológica, com a antropóloga Vilma Chiara e da oficina O sagrado e o profano, com Itaercio Rocha.

itaercio

O professor Itaercio Rocha em dinâmica com os participantes.

vilma

A antropóloga Vilma Chiara trouxe a origem das manifestações populares e culturais, em seu workshop.

 

 

 

 

 

 

 

As comemorações encerram-se no próximo sábado (22), a partir das 15h, com oficinas culturais de artesanato, dança e literatura mítica. Além das aulas, o evento recebe, como atração cultura, a escola de samba Acadêmicos da Realeza para encerrar a programação festiva. As inscrições podem ser feitas pelo site: www.encontroamazonia.com.br, pelo telefone: 3014-0030, ou pelo e-mail: contato@encontroamazonia.com.br, com valores diferenciados.

folclore cultural

Serviço:

Folclore A Gosto do Encontro da Amazônia

Oficinas culturais: 22 de agosto, a partir das 15h, R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada) / inclui: participação em duas oficinas, certificado e coffe break.

Reservas e informações: Encontro da Amazônia, Rua Nilo Peçanha, 1907 – Telefone: (41) 3014-0030 – E-mail: contato@encontroamazonia.com.br

 

Texto: Marcos Dias

Fotos: Marcos Dias e Robertson Clarkson

Arte: Glauco Teixeira Leite