Posts

Petróglifos Sul-Americanos

14526313454c5ac336efe70Preço: R$ 40,00

Resenha: O livro “Petróglifos Sul-Americanos” foi publicado, originalmente, em 1907, e a tradução direta do alemão é de autoria por João Batista Poça da Silva a partir de exemplar ofertado pelo próprio Koch-Grünberg ao Museu Goeldi. A obra é considerada uma importante fonte de documentação sobre as gravuras rupestres do Alto Rio Negro, segundo a pesquisadora Edithe Pereira do Goeldi. “É uma obra indispensável para aqueles que desejam conhecer ou começar a estudar a arte rupestre dessa região”, conta Edithe, que também é a organizadora da obra.

Editora: Museu Paraense Emilio Goeldi e Instituto Socioambiental

Faça seu pedido em livraria@encontroamazonia.com.br

Oleaginosas da Amazônia

OLEAGINOSAS_DA_AMAZONIA

Preço: R$ 84,00

Resenha: A publicação “Oleaginosas da Amazônia” contém um rigoroso estudo sobre a identificação de sementes e plantas com potencial de gerar óleos e alimentos muito cobiçados atualmente pelo mercado, por suas características especiais. São 84 espécies diferentes, que comprovam a riqueza da biodiversidade brasileira, catalogadas a partir de um trabalho de grande dedicação. Complementarmente, vem acompanhado de um interessante registro do contexto socioeconômico da época, mostrando como as explorações de tais cultivos eram realizadas, as experiências de projetos em curso e as perspectivas de ação governamental e de setores econômicos na região.

Editoras: Museu Paraense Emilio Goeldi, NEAD e IICA

Faça seu pedido em livraria@encontroamazonia.com.br

Biology of tropical fishes

livro_biology_tropical_fishes_3d-1024-1024

Preço: R$35,00

Resenha: Biology of Tropical Fishes faz uma síntese de algumas tendências para as quais caminham as pesquisas relacionadas com peixes tropicais, principalmente espécies de água doce. A grande diversidade de habitats e as variações sazonais no regime de cheia e vazante na Amazônia por exemplo, levaram as espécies a desenvolver adaptações para lidar com as variações a curto e a longo prazo. Não é de surpreender que este ambiente instigue tanto a curiosidade de cientistas e estudantes de todo o mundo. Biology of Tropical Fishes faz uma abordagem de vários aspectos da biologia dos peixes tropicais.

Editora: INPA e editores

Faça seu pedido em livraria@encontroamazonia.com.br

 

Golfinhos da Amazônia

livro_Golfinhos-da-AmazoniaPreço: R$25,00

Resenha: Este livro relata sobre a história natural do boto e o tucuxi, duas espécies de golfinhos do Rio Amazonas que estão entre os animais mais carismáticos e majestosos desse imenso sistema fluvial. Apresenta um resumo do que se conhece sobre a classificação desses fascinantes animais, sua ecologia, e interações com humanos, bem como sua categoria de conservação.

Editora: INPA

Faça seu pedido em livraria@encontroamazonia.com.br

Dia Mundial da Biodiversidade

22 de maio - dia da biodiversidade

O dia 22 de maio é o Dia Mundial da Biodiversidade. Esta data foi criada pela ONU com o intuito de desenvolver a compreensão e a consciência sobre as questões da biodiversidade.

A Biodiversidade é a variedade de formas de vida na Terra. O Brasil detém, sozinho, cerca de 20% da biodiversidade mundial, sendo o país mais megadiverso do mundo. Essa riqueza se deve em grande parte à Amazônia, que abriga mais de um terço de todas as espécies vivas do planeta.

Apesar disso, somos o país que mais desmata. É de extrema importância, portanto, que se criem políticas que visem à conservação da biodiversidade. Ainda mais fundamental é a formação de uma consciência ambiental coletiva, em que as pessoas se vejam como sujeitos de mudança, inseridas em seu meio, mesmo nas metrópoles. Afinal de contas, tudo o que comemos, vestimos e utilizamos no dia-a-dia provém da natureza, e depende de seu funcionamento.

 

Panorama da Biodiversidade Global 3

O Panorama da Biodiversidade Global 3 é a terceira edição do relatório a respeito de metas (alcançadas e não alcançadas) para atingir a redução na taxa de perda da Biodiversidade. Esse tratado foi feito em 2002, por líderes mundiais, com meta para 2010 (o ano da Biodiversidade).

Este relatório reúne “fatos e números preocupantes”, segundo Achim Steiner, Sub-Secretário Geral das Nações Unidas e Diretor Executivo do PNUMA. Para BAN Ki-moon, Secretário Geral da ONU, “esta terceira edição do Panorama da Biodiversidade Global conclui que o objetivo [em atingir uma redução significativa na taxa de perda de biodiversidade até 2010] não foi cumprido”.

Acesse aqui a edição disponibilizada pelo Ministério do Meio Ambiente.

 

Texto: Matheus Suliman e Luiz H. Tobias | Arte: Thales Jardim